sexta-feira, 13 de julho de 2012

Como começar minha coleção de selos?



Como começar minha colecção, onde conseguir selos para minha colecção ? 
Diversas são as maneiras de se iniciar uma colecção. Uns iniciam acidentalmente com os selos encontrados na correspondência da família ou com a herança de algum parente que deixou uma colecção. Outros principiam comprando certa quantidade de selos universais. Com o decorrer do tempo, o filatelista vai tomando conhecimento com o mundo filatélico e acaba se especializando em um ou mais países ou ainda escolhendo algum tema de sua preferência. Uma das melhores maneiras de se iniciar uma colecção,
para quem evidentemente não sabe nada, é comprar um pacote de 200, 500 ou 1000 selos diferentes e iniciar a sua jornada de aprendizado. O caminho mais indicado é o coleccionismo de "selos brasileiros". Para tanto, basta ir adquirindo os selos nas próprias agências dos correios ou em casas comerciais especializadas ou mesmo recuperar os selos usados que vêm em envelopes de correspondência. Convém salientar que os selos brasileiros, nesta década, estão sendo considerados os mais bonitos do mundo. Os seus selos repetidos, sempre é bom que se guarde para serem permutados com outros filatelistas. Esta permuta pode ser feita através de correspondência com coleccionadores de outras cidades cujos nomes e endereços constantemente aparecem nas colunas filatélicas, ou mesmo com coleccionadores de outros países. Para que você seja um bom filatelista, existem algumas regras a serem seguidas e também alguns acessórios a serem adquirir que são os seguintes: Álbum, Catálogo, Classificador, Pinça, Lupa, Odontômetro, Filigranoscópio, Charneira, Hawid, são alguns acessórios indispensáveis para um bom coleccionador de selo.